Samba

Bateria Furiosa do DF

(Antonio Siqueira / Mario Mitre / Fio de Castro)

 

É de Oxumarê,

Furiosa como o quê

Balança meu coração

Tocando com emoção

É a minha bateria,

Espalha amor e alegria

É a minha bateria,

Muita garra e energia

 

Vim de uma terra distante

Sem pressa de chegar

Vim devagar

Com a proteção dos Orixás

Trazendo na bagagem

Muitas  recordações

De onde ecoam  o samba,  as canções

De onde ecoam  o samba,  as canções

 

Cheguei com um sonho

De fazer tambor tocar

A Furiosa do DF

Presença marcante

Aonde quer que vá

A Furiosa do DF

Batida empolgante,

Eclode, faz sambar

center fwB||||||news login|c05 normalcase uppercase fwR|c05|news login c05 normalcase uppercase|c05 tsN normalcase uppercase|c05|content-inner||